ANTIFA CURITIBA APÓIA Março Antifascista

Olhamos para trás na história e observamos a ascensão do fascismo entre 1920 e 1930, e freqüentemente nos perguntamos como foi possível que todas pessoas não reconhecessem o perigo e resistissem a isto com todos os meios necessários. Do ponto de vista do presente, não é difícil salientar os momentos nos quais o fascismo poderia ainda ter sido cessado antes que se tornasse muito tarde. Ainda, a difícil tarefa parece ser o reconhecimento das formas de fascismo no presente. Ele vem disfarçado de um discurso moralista que costuma legitimar posturas opressoras de uma falsa democracia; postura essa que criminaliza movimentos sociais, oprime levantes de massas por seus direitos, e tortura mulheres, homens e animais afim de sobrepor sua ideologia de ódio e segregação irracional. Historicamente, o fascismo encontrou um rico chão reprodutivo, não somente porque o capitalismo entrou em uma outra de suas crises inerentes – uma crise similar a que estamos testemunhando nos dias de hoje – mas também porque o fascismo, como uma ideologia totalitária, vislumbrou a possibilidade de ações concretas, como a tomada do poder a partir de propostas de limpeza social para um “melhor futuro. Abordando questões complexas com respostas simples, soluções rápidas e bodes expiatórios. Milhões, cegamente, seguiram líderes autoritários, não somente por causa da estupidez e cegueira das massas, mas também porque eles pensavam que o fascismo era uma visão válida de mudança social, uma mudança social que é condicionada pela exclusão, exploração, dominação e matança de “outros”.

Exemplo disso são os cadáveres deixados por esta onda de intolerância. Como na Curitiba de Carlos Adilson Siqueira, assassinado em 10/03/1996 por grupos skinheads. Motivo? Era negro. Quantos mais Adilsons serão necessários para quebrarmos o silêncio cúmplice da sociedade?

Hoje, em circunstâncias que em alguns aspectos fortemente se assemelham à primeira metade do século 20, devemos entender o fascismo não somente como a ideologia que guia a juventude desorientada, mas, essencialmente, como o produto da violência estrutural do capital e do Estado. Na sociedade que está sendo rasgada pela exploração de classe, onde a minoria está roubando da maioria, é muito desejável à classe capitalista fomentar as novas formas de “xenofobias militantes”. A classe capitalista necessita dos fascistas para poder se manter em posições de poder e domínio. Assim, a massa pobre – os “outros” – injustamente levam a culpa pelas injustiças da classe capitalista, quando na verdade eles sim são os atuais inimigos das pessoas. A consciência das massas é mantida viva pela memória dos milhões que morreram por nada – que morreram por causa das políticas fascistas e nazistas. Portanto, as novas formas de ódio, por exemplo, as novas formas de fascismo, têm colocado um disfarce mais sofisticado, a partir de idéias ultraconservadoras que defendem a repressão cada vez maior em cima de classes mais baixas; a extrema-direita chora em favor da pena de morte, da reestruturação da maioridade penal, da criminalização do aborto e etc. Ainda assim, eles permanecem lobos em pele de cordeiro.

Realmente, os capitalistas e seus servos políticos não estão mais apenas saudando o Führer com sua mão direita. No entanto, continuam aceitando decisões políticas com e na qual eles exploram, dominam e condenam à morte milhões de mulheres, crianças, indígenas, aposentado/as, jovens, trabalhadore/as, estudantes, migrantes e aquele/as que pensam diferentemente, que não se encaixam no estereótipo do homem branco, adulto, heterossexual e rico. Em acordo com tais políticas, os militantes xenófobos nas ruas meramente movem as fronteiras da normalidade e da aceitabilidade de violência sistêmica na sociedade.

Este é o porquê de devermos entender a luta antifascista como uma luta contra fascistas extremos em trajes patrióticos e simultaneamente como a luta contra a violência sistêmica das forças do capital e do Estado. Em tempos de crises, quando os políticos manifestam suas únicas lealdades, a lealdade para o capital, o apela ao fascismo inevitavelmente alarga seu alcance. Algumas medidas reformistas são fumaça e espelhos para as massas e retém a exclusão contínua das pessoas invisíveis, os excluídos. A crise não é uma hora para refletir sobre esta ou aquela reforma trivial, é um momento para mudanças sociais radicais. Uma mudança que resultará numa sociedade em que a solidariedade, o respeito pela dignidade de cada um, a igualdade, a irmandade e o companheirismo reinarão. Uma sociedade que considera inaceitável a intolerância, a exclusão e o ódio.

Décadas atrás, nossos predecessores se levantaram e resistiram à ascensão do fascismo. Hoje, esta tarefa permanece inalterada para nós.  Devemos construir a resistência novamente! Vamos dizer um firme NÃO ao capitalismo! NÃO ao fascismo e SIM à revolução social!

Antifascismo sem a revolta social não tem sentido algum. O preço da liberdade é a eterna vigilância!

Anúncios

24 Respostas to “ANTIFA CURITIBA APÓIA Março Antifascista”

  1. Lanna Says:

    É MUITO BOM SABER QUE AÍ EM CURITIBA(UMA CIDADE HISTORICAMENTE COLONIZADA POR EUROPEUS) EXISTE UM MOVIMENTO COESO EM PROL DA LUTA ANTIFACISTA. VIDA LONGA E FORÇA A ANTIFA CURITIBA !!

  2. igorabsorto Says:

    GIG – Existe Política Além do Voto
    DARGE brasil tour
    Ação Antisexista / Menstes Plurais

    dia 29/04/10
    abre:20h começa:21h
    R$7
    ENTREBAR
    jose do patrocinio 340/poa-rs

    DARGE [d-beat]
    No Masters [d-beat anarcopunk]
    Thrash [thrashmetal]
    Ferida [gloomycrustpunk]
    Protesto Gasguita [punk]
    Conduta Destrutiva [d-beat hc]
    Gritos de Ódio [punk]

  3. debora Says:

    É muito bom saber,q a esperança d um mundo melhor e igual para todos,ainda esta viva!!FORA IDEIAIS FACISTA!!!!!LONGA VIDA A ANTIFA…

  4. edurr Says:

    Não a mestiçagem!!!vão pro inferno!!
    88

  5. S.H.A.R.P. SC Says:

    No cartaz de vocês percebi uma frase: Vítimas de grupos Skinhead.
    Vocês como uma ANTIFA tem mais que obrigação de saber a verdade a respeito dos skinheads, verdade essa que não escreverei aqui. Informem-se antes de sair falando a respeito de algo que pelo que vejo não conhecem.

    Skinhead only Antifa!

  6. ZAZA ANARCO PUNK M.A.P-SP Says:

    ESSES CABEÇAS DE OVO SÃO FADA! TODAS AS PESSOAS AGREDIDAS CITADAS EM CARTAZES ANTIFASCISTA FORAM REALMENTE AGREDIDAS OU MORTAS DE FORMA COVARDE POR GRUPOS DE QUE ? DE SKINHEAD É CLARO. TOD@S JÁ ESTÃO CANSADOS DE SABER QUEM REALMENTE ESTÃO NAS RUAS PARA COMETER SUAS ATROCIDADES DE FORMA COVARDE SÃO TRINTA ANOS DE FASCISMO SKINHEAD POR AQUI IMAGINE EM OUTROS LUGARES COMO NA JAMAICA,AFRICA DO SUL EM PAISES ASIATICOS SE SABE QUE TEM GRUPOS ANTIFAS REALMENTE CONPROMISSADOS COM A CAUSAE NÃO COM A MÓDA (MODS) DOS ANOS 60 OU COISA PARECIDA SE VCS SKNS SÃO ANTI-FASCISTA ENTÃO PORQUE ESCOLHERAM UMA CULTURA QUE A ANOS ESTA LIGADA A VIOLENCIA FASCISTA . MUITOS ESCUTAM RAGGE,SKA E TANBEM TOMAMOS CERVEJA E NEM POR ISSO SOMOS SKINS CÉRTO SHARPS SEUS PAU NO CÚ. VALE LEMBRAR QUE A SHARP NOS ESTADOS UNIDOS ÉLA É NACIONALISTA POIS ESPANCAVAM QUALQUER UM TANTO SKIN QUANTO PUNX QUE RASGAVAM A BANDEIRA NACIONAL fonte:a livro o punk alem do barulho livro americano que retrata o movimento nas cidades de u.$.a -ONDE A SHARP FOI CRIADA ..

  7. MARCÃO PUNK AE Says:

    SKIN O CARALHO PUNK É PUNK E OI OI! É BRÉQUE DE BOI POUCAS IDEIAS COM OS CARICAS. VAMOS LUTAR CONTRA ESSES OTARIOS PAGA PAU DE.

  8. mateus Says:

    nem todo skin é nazi, quanta merda escrita aqui! auhauhahuhah

    “Vocês como uma ANTIFA tem mais que obrigação de saber a verdade a respeito dos skinheads, verdade essa que não escreverei aqui. ” [2]

  9. Fellipe Says:

    Ai gAlera Poderiamos fazer algo o blog ta muito parado e antifa so ta de noite la pro centro o que vcs acham qualquer coisa me add no msn ai dobokowskifellipe@gmail.com

  10. Bree Says:

    Zaza, eu sou skin e nunca bati em negros e nem em homosexuais. Se em SP não existe Redskins, não é culpa de ninguém, agora não me venha generalizar dizendo que todos os skins são nacionalistas, porque não são.
    Leia mais, pesquise mais antes de vomitar essas asneiras que você vem vomitando por aqui.

  11. antifa rash Says:

    Sou skin antifa anarco,acho que o pessoal anda de mais na net etc.temos que deixar as fofoquinhas de lado e fazer a nossa parte,ja fiz varias açoes antifa,aqui onde moro ,os WP querem minha cabeça,nao esquento com o que os outro pensao,faço minha açao com cartazes, pixo e denunciando esses WP de merda na net ,Antifa Ontem.hoje e sempre!!!
    O inimigo é o mesmos,WPs crescem e riem de nos brigando, pesem nisso

  12. Marina Says:

    Skinhead eh uma farsa… sow falam falam falam, mais maioria ta ali oh um dedinho do fascismo. skinhead contra hippies! isso nao eh ser fascista neh? rarirariariaria,vcs me fascinam com sua hipocrisia. 😀 ” sou antifascista e odeio hippies” arirarriariariai,e muitos nao estao nem ai pra nada, vc vai troca uma ideia, eles soh sabem dizer que sao apoliticos!
    vcs skinheads sao muito engraçadinhos! mais engraçadinhos ainda quando ficam indignados achando que vcs sao racista, EU SOH ESCUTO MUSICA NEGRA, rarirairia… se vcs tem segurança de que skinhead eh bonzinho, odeia esses preconceito contra vcs…entao saiam na rua mostrar algo que preste!alem de cartazes com imagem! ARIRIAIRIAIRIA!

    ANTIFA SEMPRE!

  13. Trad Skinhead Says:

    é uma pena ver que até aqui a verdadeira essencia skinhead é desvalorizada e sofre preconceito por pessoas ignorantes. APOLITICO, ANTIRACISTA SEMPRE! Eu não tenho nenhum tipo de preconceito, tenho a cabeça muito aberta, só não tolero fascismo e nazismo. Voces não podem generalizar e ficar sujam o nome dos verdedeiros skins! voces nao tem esse direito, isso é muita ignorancia! pesquisem e se informe mais antes de falar merda!

    Stay rude, Stay true

  14. Th Says:

    é ridiculo ver os proprios punks falarem assim dos skins

  15. Teco sp Says:

    Ridículo .. não sabem o que significa a bandeira vermelha atras da preta da AFA? O Brasil tem uma cena RIDICULA E TOSCA por causa de vocês, é punk matando os outros por 20 centavos em sp, é punk espancando skinhead antifascista em POA e ainda vem falar que o movimento skinhead é violento … fui pra europa em 2008 , fiquei em squats e conheci vários skins e punks .. todos falavam que desde dos anos 90 só ouviam coisas ruins do Brasil, que todos que iam pra la falavam mal .. só pudi confirmar que era verdade…

  16. Teco sp Says:

    esqueci de falar parabéns pelo sectarismo e pelo ganguismo desde que começou o movimento punk ele é sinonimo de violencia gratuita e vandalismo. parabéns!

    vamos ficar apanhando de carecas (que não são skinheads) , wps e outros grupos ridiculos …até nos unirmos …em ctba pd ate ter .. mais em são paulo são uns 5 WPs no mááximo..são tdo skinet .. magrelo de 16 anos q mora cos pais e é skinhead fodão no orkut .. parem de procurar neonazistas .. acordem e vejam o verdadeiro inimigo …

  17. Iris Siannas Says:

    As nazisinha chiliquenta ficam postando nos outros forums e dizendo que tão de olho e dando as chilacada delas..
    Coitadinha dessas loka.
    Nois é que tamo de olho nelas..
    É nois que estamos ai no mundo inteiro em todo lado cada vez mais numerosos.
    E toda a hora cercando e fechando os caminho delas e acabando com cada um..
    Racismo e nazismo jamais vai vence, por que o bem,a igualdade e a paz sempre sera predominante ao mal eternamente.Pois é o bem que faz a vida e universo andar.
    Saudações no Pr, tamo aqui degolando cada vez mais essas filhas de colono metida a besta e toda a elite metida a riquinha e arrogante e racista..
    Só porrada na porcaiada.
    Antifa,Sharp e Trad de curitiba Sempre.
    E Atifa abraço do pessoal Urubu Hoolligan do Flamengo = Antifa.
    É tudo nois!

  18. Eduardo Says:

    Só merda.
    Me envergonho em ver o estado que chegamos.
    Infelizmente o punk esta na UTI, skin dos ano 60 foi nos anos 60 hoje é só modinha de pia de prédio, o punk começou mal, por falta de cultura dos primeiros punx que achavam que ser punk era foder com tudo. Quando o punk realmente encontrou o caminho foi engolido pela mídia e virou modinha.
    Hoje ta cheio de gente dizendo que é punk e não faz nada, a não ser nadar de visual ( modinha?). Ja não uso visual faz tempo, tenho vergonha de ser comparado a estas bandinhas de merda que aparecem todo dia. Ta na hora de mudança. Ação direta. Não ao fascismo. Sou anarco libertário, sem rotulo e nem fantasia.
    É hora de voltar às origens e vencer o inimigo que tanto nos assola
    Não preciso de visual nem de modinha (skin), Estamos no ano 2012. Esqueçam estas merdas de modinha e etiqueta em como devo me vestir ou cortar o cabelo. Se são antifa de verdade esqueçam visual e modinhas e arregacem as mangas.
    Saudações acratas.

  19. Noan Says:

    Como faco parte da antifa? Ja andei com alguns anarco punks e fui atacado por un grupo de wps e percebi como as coisas estao dificeis

    • Eduatdo Mottin Says:

      Sendo idôneo a sua ideologia.
      Fazendo sua parte na sociedade.
      não é ser parte de uma gangue.
      E ser genuíno. Acreditando em seus ideais.
      Faça a diferença, o resto é o início da revolução

  20. Eduatdo Mottin Says:

    Viva a revolução. Não ao capitalismo, comunismo e a está porca democracia.
    Saudações acratas

  21. vanessa Says:

    segue o email de um neo-nazista pilantra de são paulo, fiquem a vontade, mandem bastante material antifascista para ele conhecer melhor 🙂

    camposdiogo134@gmail.com

  22. Hipocrisia é pouco Says:

    Sou antifa, vou me vestir de soldado comuna (que idiotice, como se os metodos comunistas nao fossem fascistas), vou sair atacando e acusando, quando eu bato primeiro, quando eu piso na cabeça, não é fascismo! é luta pela liberdade! quando o jornal chama minhas ações de “ataque skinhead” eu não vou la corrigir, por que? porque eu gosto de agir igual nazi, eu gosto que os nazis levem a culpa, mas eu sou contra os nazis! menos na parte de emboscar, assassinar, atacar gratuitamente e julgar as pessoas pela aparencia! po o que seria de nós sem os nazis pra levar a culpa pelas cagadas que a gente faz quando ta drogadão, vou aqui me abraçar a umas charginhas e uns pre-conceitos, pra dizer que eu defendo mulheres, gays etc e vou continuar agindo igual nazi! encher o peito pra dourar a pilula e dizer que o que eu faço não é nazismo nem fascismo! que é diferente!

    me poupem, antifas e nazis tem um lugar merecido na cadeia

  23. dunkel Says:

    hahahahaha o negocio todo começou em 2010 lá em cima com a Lanna, e ia até bem o sectarismo burro, até a sharp sc comentar, dae veio os trad os rashs os map acéfalos, até os nazi pardo participaram da coletividade aqui! hahaha. Foi pra 2011, 2012, 213, 2014, ultimo post alí 2015 e pra não morrer a CENA tem que começar 2016 com chave de ouro.

    realmente mano vocês são a cena do antifascismo brasileiro

    1. Cena
    Significado de Cena Por Dicionário inFormal

    Cena é o conjunto de personagens,atores, coadjuvantes e outros tipos. Cena é como se fosse um teatro várias pessoas fazem parte de uma só história e todos juntos formam o que chamamos de uma cena que tem palavras movimentos fictícios e tudo mais,como animais e até seres humanos que representam pessoas enigmáticas tudo isso e tudo mais e que formam uma cena.

    boa cena de 2016 para vocês ai. Tô de boa, nunca servi pra ser artista de novela.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: